Você sabia que a Flacidez é um procedimento difícil de tratar, e extremamente técnico dependente?

O que é Flacidez

flacidez é caracterizada pela falta de fibras de sustentação da pele, o colágeno e a elastina. Existem dois tipos de flacidez, a muscular e a dérmica. A flacidez muscular é profunda e mais difícil de ser tratada, pois aparece em decorrência do desgaste das fibras de sustentação dos músculos. Já a flacidez dérmica apresenta uma mera desorganização dessas fibras.

O que causa a Flacidez

Dentre as principais causas da flacidez está o envelhecimento da pele. Com o passar do tempo, começamos a produzir menos colágeno e elastina, proteínas que dão vigor e rigidez ao tecido cutâneo. O cigarro e as bebidas alcoólicas também são responsáveis pela perda de elasticidade da pele. Já no caso de alterações hormonais, decorrentes de processos como obesidade e gravidez, o aparecimento de estruturas flácidas se dá principalmente em razão das mudanças de peso muito bruscas.

Tratamentos para Flacidez

Apesar de ser difícil tonificar a pele flácida, a evolução dos equipamentos está tornando os tratamentos progressivamente mais eficazes e não invasivos, especialmente quando a flacidez da pele não é intensa. Impressiona, também, a velocidade de aprimoramento dos equipamentos destinados aos tratamentos estéticos em geral. Isso não é exceção para as terapias de flacidez que estão cada vez mais efetivas. Entre elas podem-se citar:

Radiofrequência: Tratamento consagrado baseado na emissão de ondas eletromagnéticas, que promovem o aquecimento superficial e profundo da pele, elevando a uma temperatura em torno de 42 graus. O calor causa um estímulo da produção de fibras colágenas e elásticas, bem como provoca um aumento da circulação sanguínea e, dessa forma, trata e previne a flacidez de pele. Há vários tipos de equipamento que emitem radiofrequência unipolar, bipolar ou multipolar.

Ultrassom microfocado: Tecnologia inovadora em que cada disparo das ondas ultrassônicas origina pontos de retração da pele. Ao final de cada sessão, são realizados até 10.000 disparos, que aquecem pontualmente as camadas mais profundas da derme, local ideal para estimular a formação de colágeno e elastina, reduzir a flacidez e melhorar a elasticidade da pele. É utilizado, principalmente, na flacidez de face e pescoço.

Como prevenir a Flacidez

Para prevenir a flacidez, a sugestão é aumentar a ingestão de água para manter a pele hidratada e consumir alimentos ricos em proteínas, pois eles são fundamentais na manutenção dos músculos, que vão ajudar a preencher a pele flácida.

Também é indicado praticar exercícios físicos regularmente e aplicar cremes específicos para flacidez à base de silício ou colágeno diariamente nos locais com maior incidência, pois garantem bons resultados.

Comments are closed