fbpx
ETHEREA-MX® DUALMODE® ATHENA®

TECNOLOGIA LASER ETHEREA-MX® DUALMODE® ATHENA®

TRATAMENTO DA SAÚDE ÍNTIMA DA MULHER - QUEBRE OS TABUS COM A TECNOLOGIA QUE PODE MUDAR SUA VIDA

Conheça ETHEREA-MX® DUALMODE® ATHENA®  – um método de tratamento revolucionário que promove a melhoria da saúde da mulher na fase da pós-menopausa, atuando com precisão, segurança e eficácia no tratamento da atrofia vulvovaginal, ressecamento vaginal e combate à incontinência urinária. Além de oferecer um procedimento rápido, virtualmente indolor, sem efeitos colaterais ou downtime relativo, ETHEREA-MX® DUALMODE® ATHENA® promete resultados duradouros e com ampla referência clínica.

A TECNOLOGIA LASER QUE É PERFEITA PARA CUIDAR DE VOCÊ

Usando a mais moderna e avançada tecnologia, ATHENA de ETHEREA  agrega uma exclusiva e completa plataforma de tratamentos, oferecendo um procedimento de ampla indicação clínica e cosmética e garantindo extrema segurança e satisfação de resultados. Conheça aqui mais sobre a tecnologia especialmente desenvolvida para cuidar da sua saúde e bem-estar.

ETHEREA-MX®

TUDO QUE A TECNOLOGIA ATHENA® PODE FAZER POR VOCÊ

ETHEREA-MX® DUALMODE®

ATHENA® TRATAMENTO ÍNTIMO A LASER

DualMode® ATHENA® é um método de tratamento revolucionário que promove a melhoria da saúde da mulher na fase da pós-menopausa, atuando com precisão, segurança e eficácia no tratamento da atrofia vulvovaginal, ressecamento vaginal e combate à incontinência urinária. ATHENA oferece ainda um procedimento:

TODO O PODER DA TECNOLOGIA EM PROL DA SUA SAÚDE E BEM-ESTAR

Tratamento revolucionário que promove a melhoria da saúde íntima da mulher de forma global incluindo a fase da pós-menopausa, atuando com precisão, segurança e eficácia.

O handpiece DualMode® ATHENA® foi projetado para ampla usabilidade, com 2 modelos diferentes capazes de atender a todas as indicações relativas ao procedimento:

ATHENA®90+

Handpiece fracionado, com emissão angular em 90º, indicada principalmente para o tratamento da incontinência urinária na síndrome gênito-urinária da menopausa.

ATHENA®360

Handpiece fracionado, com emissão em 360º, é indicada para o tratamento da atrofia vulvovaginal e o ressecamento do canal vaginal, devolvendo à região a lubrificação local.

A ATROFIA VULVOVAGINAL

A atrofia vulvovaginal é uma condição pouco conhecida que afeta um número elevado de mulheres – cerca de 50% -, causando desconforto e até dor, interferindo ainda na própria sexualidade feminina. A atrofia vulvovaginal manifesta seus primeiros sintomas logo após a menopausa, ainda que aconteça em outras fases da vida, com mulheres mais jovens.

AS CAUSAS

Basicamente, a atrofia vulvovaginal é causada por uma redução na produção de estrogênio. Assim, a produção reduzida de estrogênio acaba por deixar os tecidos vaginais mais finos, ressecados, com menor elasticidade e maior fragilidade. Além da entrada na menopausa, outras causas associadas à atrofia vulvovaginal são climatério, aleitamento, remoção cirúrgica de ambos os ovários, pós-radioterapia ou pós-quimioterapia para o tratamento de câncer. ou como um efeito colateral do tratamento hormonal contra o câncer da mama.

O RESSECAMENTO VAGINAL

O corpo feminino passa por mutações constantes. menstruação, gravidez, menopausa e todas as elevações e quedas hormonais responsáveis por muitos aspectos na vida sexual da mulher – da fertilidade à libido. O fato é que nem sempre o corpo consegue acompanhar a taxa de variação hormonal, abrindo espaço para o surgimento de um fenômeno muito comum, mas pouco debatido o ressecamento vaginal. O fato é que cerca de 90% das mulheres que possuem ressecamento vaginal jamais relatam isso para seus ginecologistas, prolongando o sofrimento e inibindo-se de sentir prazer.

AS CAUSAS

O estresse e a menopausa são as principais causas do ressecamento vaginal, mas não são as únicas. É verdade que, muitas vezes, esses são os responsáveis diretos pela redução do desejo da mulher e consequente diminuição da taxa de lubrificação local. No entanto, existem outros fatores que dificultam a lubrificação, tais como gravidez, aleitamento, cansaço, uso de antidepressivos, ingestão de álcool em excesso e o tabagismo.

São consideradas contraindicações gerais para o procedimento a LASER e/ou luz:

  • pacientes gestantes ou em fase de amamentação;
  • faixa etária, a critério do médico-cirurgião, em função da indicação do procedimento;
  • doenças sistêmicas e imunodeficiência;
  • histórico de infecções agudas e/ou processos infecciosos ativos;
  • histórico de problemas cardíacos (marca-passo, arritmias etc.);
  • histórico de intolerância à anestesia ou condições derivadas;
  • histórico de hemorragias coagulopáticas;
  • histórico de má cicatrização;
  • tendência à formação de queloides;
  • desordens hormonais, sem controle;
  • doença localizada na área do tratamento (lesões malignas);
  • região com preenchimento de substâncias não reabsorvidas ou fagocitadas;
  • pele bronzeada;
  • uso continuado das vitaminas A e K;
  • fotossensibilidade e/ou alergia a luz solar;
  • epilepsia ou desordens derivadas/oriundas;
  • uso de ASPIRINA® ou anticoagulantes em até duas semanas antes do procedimento;
  • uso de ibuprofeno ou álcool em até duas semanas antes do procedimento;
  • uso de medicamentos fotossensibilizantes, tais como tretinoína e estrógeno;
  • diabetes, exceto se sob controle;

Dentre os efeitos colaterais e adversos relatados na literatura, dor e ardência são comumente evidenciadas quando realizado o tratamento da área externa da região genital. Além destes, outros também são passíveis de indicidência, tais como:

  • inchaço, edema ou eritema externos quando realizado tratamento nesta área;
  • irritação ou hipersensibilidade;
  • sensação de ardor/queimadura;
  • hiper ou hipopigmentação; tromboflebite superficial;
  • incidência de púrpura;
  • cicatrizes hipertróficas e queloides;
  • leve orvalho sangrante.

Após o tratamento da área externa, a maioria dos pacientes pode experimentar leve sensação de queimadura solar, que tipicamente desaparece, sem tratamentos, em 2-3 horas. Em alguns pacientes, a hiperpigmentação pode ocorrer e geralmente desaparece dentro de um determinado período (efeito transitório). Em casos raros, no entanto, sobretudo quando se tratando da ausência ou redução de pigmento (hipopigmentação), a mudança na coloração da região pode ser permanente.

A parametrização errônea e/ou má utilização do aparelho e handpieces podem resultar em queimaduras, ulcerações e surgimento de cicatrizes, as quais podem ser permanentes.

Tal qual ocorre na maioria dos procedimentos a LASER, existe o risco intrínseco de incidência de efeitos colaterais leves a severos, destacando-se:

  • infecções;
  • cicatrizes ou dificuldade de cicatrização;
  • formação de queloides;
  • ulceração de tecido e/ou queimaduras;
  • necrose tissular;
  • complicações relacionadas à administração
    de anestésico;

Somente utilize o aparelho após a completa leitura e entendimento deste PROTOCOLO DE APLICAÇÕES, levando em consideração todos os avisos anteriormente indicados no item AVISOS IMPORTANTES.

Para pacientes com pele mais sensível à dor, é possível utilizar anestésico tópico.

O tratamento com DUALMODE® ATHENA® normalmente é bem tolerado e não há necessidade de cuidados extremos no pós procedimento.

A abstinência sexual de 7 dias deve ser respeitada.

Pode ser indicado um antifúngico de aplicação local em casos de maior sensibilidade.

Edema e eritema são efeitos esperados no pós-tratamento de área externa e, usualmente, desaparecem por completo nos 7 dias seguintes ao procedimento, a depender da agressividade do tratamento realizado. Em alguns casos, podem persistir por até 3 semanas.

As microlesões oriundas da aplicação do feixe LASER fracionado em área externa desaparecem, comumente, no período de 24-48 horas após o término do tratamento. No plano inicial, as lesões apresentam a aparência de eritema difuso e, no plano tardio, iniciado o processo cicatricial, o aspecto é similar ao bronzeamento. O aspecto das lesões e também a aparência global da região no pós-tratamento variam de acordo com a intensidade e agressividade do tratamento. Usualmente, podem perdurar de 3-30 dias, estendendo-se em regiões fora de face.

O uso de loção calmante aplicada em movimentos circulares, bem como a aplicação de compressas frias, pode ajudar a aliviar a sensação de ardência pós-tratamento. Após a aplicação e realização do procedimento, a parte tratada deve ser sempre gentilmente lavada por até 3 dias, evitando atritos intensos. No pós-tratamento imediato, o relato do uso de cremes aquosos oclusivos tem ampla referência na literatura. Soluções à base de dexpantenol (i.e. BEPANTOL®), por exemplo, podem ser utilizadas no período de 4 dias de segmento. A aplicação de outros agentes tópicos em solução oleosa derivada (vaselina) pode induzir a condições alérgicas (i.e. dermatite de contato).

A conduta clínica pré/pós-tratamento é fundamental para o sucesso da terapia, bem como a prevenção dos efeitos adversos e indesejados.

Os pacientes também devem ser instruídos a contatar o médico imediatamente caso apareçam quaisquer sinais de infecção (por exemplo, pus, prurido, escoamento ou febre), dor significante ou complicações e efeitos colaterais advindos.

Os pacientes devem ser avisados para não demorar em procurar um hospital ou unidade de saúde para cuidados urgentes, em caráter imediato, caso efeitos colaterais severos ou anormais aconteçam no decorrer do pós-tratamento.

O paciente deve voltar para acompanhamento médico conforme receitado. Esse prazo é de, geralmente, 24-72 horas depois do procedimento.

O número total de sessões varia em cada caso e indicação de tratamento.

Usualmente, são requeridas 1-3 sessões de tratamento. O intervalo entre as sessões é de cerca de 30 dias e pode aumentar dependendo da região de aplicação e agressividade do tratamento.

ETHEREA-MXº ATHENAS é um procedimento de última geração em tecnologia que, através do uso da energia LASER, aplicadade modo uniforme e controlado, atua de duas maneirasdistintas. 

Quando aplicada direto na parede do canal vaginal, estimula a resposta cicatricial local e aumenta a hidratação natural da região, induzindo ainda ao efeito de contração de colágeno para o tratamento da síndrome gênito-urinária da menopausa. O transdutor LASER é inserido no canal vaginal e os disparos são feitos em forma de pulsos espaçados. O procedimento dura cerca de 5 a 10 minutos e é muito parecido com o exame de ultrassom intravaginal. Amplamente referenciado como uma das opções de tratamento mais modernas disponíveis no mercado, oferece segurança e excelentes resultados clinicamente comprovados. 

Quando aplicada sobre a região intima externa, atua com o efeito do LASER peel, removendo a camada epitelial do tecido e estimulando o colágeno em parte da derme, induzindo ao processo cicatricial e à consequente neocolagênese da região. O resultado é o clareamento da região e a indução ao efeito de tightening dos pequenos e grandes lábios, tratando assim flacidez local.

 
  • tratamento da atrofia vulvavaginal (sindrome gênito-urinária da menopausa)
  • estímulo de colágeno e combate à flacidez interna das paredes do canal vaginal
  • aumento da lubrificação local do canal vaginal e consequente melhora da vida sexual
  • clareamento, com método coadjuvante, da região dos grandes lábios e ânus
  • tratamento da flacidez externa dos pequenos lábios.

Usualmente, são recomendados planos de tratamento que abrangem de 1 a 4 sessões. No entanto, isso depende do tipo de indicação de tratamento, relacionando principalmente o nível de ressecamento e flacidez na região. É preciso lembrar que são necessárias múltiplas sessões de tratamento para à obtenção da máxima em resultados. Consulte seu médico e descubra qual o plano de tratamento perfeito para você.

A maioria dos pacientes relata que a sensação de alívio das condições de ressecamento (incluindo, por exemplo, a coceira acarretada pela falta de hidratação) é imediata, claramente notada já nos primeiros dias conseguintes ao tratamento. No que cabe ao aumento da lubrificação local, melhora das condições gerais de flacidez e tightening da região pélvica para redução da incontinência urinária, o esperado é que os resultados sejam efetivamente percebidos a partir de 3 a 6 semanas após terminado todo o plano de tratamento.

Geralmente, após o término do plano de tratamentos, os resultados tendem a permanecer em seu auge por cerca de 6 meses a 1 ano. No entanto, é sempre recomendado que, a cada intervalo determinado, seja agendado retorno para a sessão de manutenção de resultados, obedecendo ao cronograma estabelecido pelo seu médico.

A ação do LASER é indolor e muitas pacientes reportam um leve ardor ou queimação, concentrados apenas no momento do procedimento. No entanto, é possível que você experimente algum incômodo na introdução do espéculo LASER,sobretudo em função do ressecamento local. No decorrer do pós-tratamento, tanto no trato interno quanto na região externa, pode haver coceira ou incômodo e uma discreta sensação de irritação, visto a ocorrência do processo cicatricial natural.

É bastante possível que logo ao término do procedimento você experimente certa vermelhidão (na área externa) e uma sensação de queimação leve a moderada Sua pele na região do tratamento estará muito mais sensível que o habitual. O médico irá indicar a conduta de pós-tratamento mais adequada para o seu caso, a qual poderá incluir o uso de compressas geladas e cremes calmantes e hidratantes a fim de ajudar no processo de cuidado da pele especialmente nos primeiros dias após o tratamento.

É recomendado que você evite manter relações sexuais e expor a região à radiação UV direta por, pelo menos, 7 dias após a sessão de tratamento. Você deve manter ainda a região constantemente higienizada, seguindo a recomendação estrita do seu médico com relação aos cremes, sabonetes e outros cosmecêuticos especificamente prescritos para os cuidados da área intima.

Além dos cuidados específicos recomendados para o pós«tratamento, o retorno às atividades é imediato e não há nenhuma granderestrição à vida cotidiana

ACROMA-QS®

ACROMA-QS® é a solução definitiva em tecnologia q-switched indicado amplamente para tratamento em todos os tipos de pele, atuando com eficácia e segurança clinicamente comprovadas mesmo em fototipos mais elevados. Indicada para remoção de Tatuagem (despigmentação) , Melasma (nd yag q-switched), Melanose Solar e no tratamento de Olheiras também.

DUALMODE 2940®

Nova geração de LASER YAG que combina indicações de tratamentos ablativos e coagulativos em pulso duplo. O conceito em tecnologia LASER que traz o real poder do resurfacing facial com laser fracionado para sua prática clínica. Indicado também para tratamento de Rugas, Estrias brancas e Cicatrizes.

LONGPULSE 1064®

A mais moderna e aclamada tecnologia para a remoção não invasiva de lesões vasculares profundas e superficiais da face e membros inferiores agora com indicação expandida em dermatologia. Trata também telangiectasia, e ainda o Protocolo Gemini, que associa o ACROMA-QS® + LONG PULSE 1064® para rejuvenescimento o ano todo, graças ao modo DYNAMICS®.

IPL-SQ®

IPL-SQ® incorpora a nova geração em tecnologia de IPL e agrega ao ETHEREA-MX® toda a versatilidade, segurança e eficácia de resultados que você efetivamente precisa em um sistema plataforma. IPL-Sq® é a tecnologia de IPL consagrada no mercado. Indicada para o tratamento de telangiectasia. Possui também o tratamento de depilação, porém já existem outras tecnologias mais adequadas.

×